26.10.15 • Em Positividade

Ninguém gosta de sentir tristeza, raiva, ansiedade, medo, insegurança, insatisfação, arrependimento e outros sentimentos negativos, mas todo mundo sente de vez em quando. Como já falei em vídeo, tem horas que a melhor decisão é deixar que a emoção indesejada exista e flua naturalmente, ao invés de resistir a ela. Mas e se for possível usar um sentimento negativo para criar algo positivo? E se você conseguisse transformá-lo em motivação? E se pudesse tirar dali um aprendizado importante? E se ele te ajudasse a criar força de vontade? E se ele te inspirasse a ter uma ideia para mudar a sua vida?

Transformando o sentimento negativo em força positiva

Foi num momento em que eu estava me sentindo totalmente desiludida e perdida profissionalmente que resolvi criar algo que mudou a minha vida para melhor: esse blog. A decepção que tive por causa de um emprego me fez perceber que eu não devia mais esperar por uma vaga para fazer aquilo que eu amo, que é escrever. Eu poderia criar o meu próprio espaço. E criei! E não sei nem mensurar o quanto esse blog me ajudou a mudar, me conhecer e me tornar uma pessoa mais feliz. Ele preencheu um espaço dentro de mim que vivia vazio esperando que alguma oportunidade surgisse. Graças à essa decepção, eu resolvi criar essa oportunidade e preenchi o vazio da melhor forma possível – usando meu conhecimento e fazendo minhas próprias escolhas.

É estranho dizer isso, mas a insatisfação pode ser um sentimento maravilhoso se for bem compreendida e direcionada. Quando você se sente insatisfeito com a sua vida, as únicas opções são mudar ou continuar insatisfeito. Quando a única forma de sair do sentimento negativo é mudar, você encontra um jeito de fazer isso.

Use o seu descontentamento para criar força. Esse sentimento te motiva a tentar agir de forma diferente e faz com que você descubra que pode fazer coisas que nunca teria tentado se não o tivesse sentido. Se você usar o descontentamento para te motivar a buscar o contentamento, vai acabar percebendo que quer, merece e pode fazer muito mais por si mesmo e pela sua vida.

A insegurança também é um sentimento negativo que te oferece grandes possibilidades de alcançar algo positivo. Se for capaz de enxergar a insegurança como um chamado para que você pratique e desenvolva aquilo que te causa vergonha, medo ou tensão, o resultado será uma surpreendente mudança interna. Dê uma chance para suas inseguranças te mostrarem o que você deve fazer para superá-las.

Um dia eu deixei minha insegurança falar, e ela me disse: você não é capaz de falar em frente às câmeras. Mas como ela podia dizer isso se nunca tinha me visto tentar? Eu entendi como um chamado – um desafio -, liguei a câmera e comecei a falar. Foram várias e várias tentativas, e ainda não estou falando incrivelmente bem, mas estou fazendo algo que nunca pensei que conseguiria, apenas porque redirecionei positivamente o sentimento de insegurança.

Transformando o sentimento negativo em força positiva

A tristeza também pode ser útil e ajudar a nos tornarmos mais fortes. Quando estamos tristes, geralmente queremos ficar sozinhos, quietos, recolhidos, pensando no que está nos causando sofrimento. Esse momento de quietude é uma oportunidade de pensar, refletir, se entender melhor e descobrir o que você precisa. Toda essa reflexão acaba acontecendo naturalmente, e por estar mais sensível, você consegue mergulhar mais fundo dentro de si. Depois de um período de tristeza – que sempre passa – vem o alívio quando começamos a nos sentir melhor. Voltando ao normal, quase sempre nos sentimos mais fortes, e o período de reflexão acaba valendo a pena pois serviu como uma poderosa ferramenta de autoconhecimento.

O medo pode parecer um pouco mais complicado de ser transformado, principalmente se você costuma ser paralisado por ele. Mas uma coisa incrível acontece quando você consegue ultrapassá-lo pela primeira vez: descobre que é capaz de seguir em frente diante de qualquer coisa que te amedronte. A melhor forma de encarar o medo é como um convite para a sua coragem. Acorde-a, coloque-a de pé e vá em frente. Não pense muito, apenas vá. Não existe nenhuma sensação no mundo que se compare à emoção e à certeza da força que você possui após encarar um medo.

Dei apenas alguns exemplos, mas quero que você entenda que todo sentimento negativo pode ser transformado em alguma fonte de força positiva. A questão não é fazer o sentimento deixar de existir, mas usá-lo da melhor forma possível até que se transforme em algo benéfico para você.

Toda vez que consegue transformar um sentimento negativo em uma fonte de força positiva, você cresce e se torna uma pessoa melhor para si mesma. Da próxima vez em que se vir de frente a uma emoção indesejada, aceite-a e, ao mesmo tempo, tente enxergar uma forma (por mais simples que seja) de usar o sentimento negativo a seu favor. Seja transformando-o em força, em coragem, em autoconhecimento, em motivação ou em qualquer tipo de aprendizado. Encare como um desafio em que o objetivo é encontrar a mensagem positiva por trás do sentimento negativo.

Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





10 Comentaram para “Transformando o sentimento negativo em força positiva”


G
1. André
26/10/2015 às 21:08

Esse texto é um presente, um alívio. Obrigado. Pois é justamente assim que me sinto hoje. Alguém querido vai partir, e a despedida que era pra ser, simplesmente não foi, não houve. Contudo estamos em paz, ainda somos ‘amigos’, mas o futuro é incerto e sei que continuar a manter ‘laços’ não vai ser saudável pra mim (…). Desejei sorte e felicidade, não há mais nada o que dizer ou fazer. Eu sei que agora preciso focar em mim e reverter esses sentimentos, pois minha vida continua e ainda tenho meus projetos, desejo muito colocá-los em prática. Um bom momento não é Stephanie?! Mais uma vez obrigado. 🙂


G
2. Stephanie
27/10/2015 às 07:14

André, fico muito feliz em saber que o post chegou em bom momento para você!
Fico feliz também em saber que você lidou com tanta maturidade com uma situação complicada como essa.

Obrigada pela mensagem!


G
3. graziele
27/10/2015 às 15:41

lindo! Perfeito! Irei ler cem vezes….e vou atrás deste livro q vc tanto fala. Obrigada!


G
4. Stephanie
27/10/2015 às 19:36

Eu que agradeço sua mensagem, Grazi! Espero ter conseguido te transmitir inspiração e coisas positivas.

Beijos!


G
5. Sabrina Medeiros
30/10/2015 às 00:33

Stephanie, queria te pedir um conselho por e-mail, posso?


G
6. Stephanie
03/11/2015 às 20:24

Sabrina, pode mandar para contato@desassossegada.com.br 🙂


G
7. João Victor
09/11/2015 às 18:14

Me sinto na obrigação de te agradecer. Suas palavras são inspiradoras, motivadoras e dão novo ânimo. Estou desassossegado depois de tanta revelação que me proporcionaram os seus artigos.

Parabéns!


G
8. Stephanie
10/11/2015 às 07:21

Que bom saber disso, João! Eu que agradeço os elogios, isso me motiva muito a continuar escrevendo!


G
9. Daysi
02/03/2016 às 11:08

Olá Stephanie. Te acompanho faz algum tempo, mas esse texto tinha passado batido…texto maravilhoso. Sinto esse “descontentamento” e ainda não sei para onde direcioná-lo, mas espero descobrir! Obrigada!


G
10. Stephanie
03/03/2016 às 07:15

Oi Daysi!

Eu acho que ter consciência de que o descontentamento pode ser direcionado de forma positiva é o primeiro passo para conseguir fazer isso. Você já está no caminho!

Obrigada por comentar!

Beijos



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: