14.03.16 • Em Livros

Livro Grande MagiaQuase abandonei esse livro antes de completar a leitura das primeiras 20 páginas. Achei as ideias esquisitas, e a primeira história que a autora conta me pareceu totalmente viajada e falsa. Só continuei lendo porque estava esperando chegar um livro que comprei e a entrega atrasou.

Como não acreditar que há uma força maior no universo que faz com que as coisas aconteçam como devem acontecer e a gente receba as mensagens que mais precisamos em cada momento?

Esse livro era tudo o que eu precisava ler.

Nas últimas semanas eu comecei a sentir medo. Medo de receber críticas, medo de escrever ou falar alguma besteira aqui no blog e no canal, medo de estar fazendo tudo errado. Vou explicar melhor no próximo vídeo que vai entrar no canal, mas resumindo, eu andava lendo muitas críticas sobre o trabalho de outras pessoas que fazem coisas parecidas com o que eu faço e comecei a ter medo de que aquilo acontecesse comigo e eu não soubesse lidar.

O leitura de Grande Magia serviu para me lembrar de algo que eu já sabia: eu sou livre. Posso acertar e posso errar. Não preciso ser perfeita. Existe tanta coisa para ser aprendida nessa vida que todos nós nunca vamos passar de meros iniciantes. E isso é maravilhoso. Como iniciante, posso me permitir arriscar, ousar, tentar, mudar de ideia, recomeçar quantas vezes for preciso. Sempre terei algo a aprender. Não preciso ter medo.

Eu não diria que Grande Magia é um livro sobre criatividade, apesar de isso estar escrito na capa. É um livro sobre CRIAR. Ele fala sim sobre desenvolver projetos, negócios, livros e ideias de forma criativa. Mas é principalmente sobre liberdade para criar a sua vida.

Se você sente medo, receio, vergonha ou insegurança em relação a se arriscar, a expor algo para o mundo ou a ser quem você é, não tenho dúvida de que esse livro vai ser libertador para você, como foi para mim. Essa leitura vai quebrar todas essas crenças, ansiedades e bobagens que vivem passando pela sua cabeça.

Não vou colocar nessa resenha muitas coisas sobre o conteúdo do livro porque quero que ele te surpreenda, mas vou citar algumas coisas importantes que aprendi com a leitura:

• Não se preocupe se está bom, ruim, certo, errado, perfeito, profundo, superficial, polêmico… apenas dê o seu melhor e divirta-se com todo processo de criação pelo qual passar. Isso é o que importa.

• Não fique obcecado pelos seus fracassos.

“Tente não ficar pensando muito em seus fracassos. Você não precisa realizar autópsias em seus desastres. Não precisa saber o que tudo aquilo significa. Pode ser que um dia tudo passe a fazer sentido – porque você passou por toda essa bagunça para chegar a um lugar melhor – ou talvez nunca venha a fazer sentido. Que seja. Siga em frente assim mesmo”.

• Colocar um projeto em prática (seja uma ideia, um aprendizado ou uma mudança de vida) não precisa ser um trabalho árduo, doloroso e cansativo. Não se pressione tanto. Faça o que tem que fazer com leveza e alegria, sem pressa.

• Você foi, é e sempre será livre. Não faça da cabeça dos outros a sua prisão.

• Não tenha medo nem vergonha de mostrar o que você faz e quem você é. A verdade é que os outros não estão preocupados com o que você faz porque estão tão preocupados quanto você sobre o que os outros pensam deles. Ou talvez nem estejam pensando em você e isso seja coisa da sua cabeça.

• Seus motivos bastam. Se você tem um motivo para fazer, expor ou mudar algo, não precisa que ninguém valide a sua motivação.

• Confie naquilo que faz sentido para você, mesmo que não faça sentido para mais ninguém.

• Livre-se de todo tipo de pensamento que tira a sua leveza.

• Não fique tentando descobrir o que os outros pensam e dizem sobre você. Os julgamentos que as pessoas fazem de você não são da sua conta e, na verdade, eles dizem muito mais sobre elas do que sobre você.

• Se você não sabe o que fazer ou qual é a sua paixão, consulte sua curiosidade. Tem algum assunto sobre o qual você está interessado nesse momento? Qualquer coisa, mesmo que seja só um pouquinho? Essa curiosidade é uma pista do que você deve buscar ou fazer. Siga-a.

• Buscar perfeição é uma grande perda de tempo. Há gente por aí que diz que as sinfonias de Beethoven são “barulhentas”. Ou seja…

“O perfeccionismo é apenas uma versão de luxo do medo. Não passa de medo usando sapatos chiques e um casaco de vison, fingindo ser elegante quando, na verdade, está simplesmente apavorado. Pois debaixo daquela fachada brilhante, o perfeccionismo nada mais é do que um profundo mal-estar existencial que afirma repetidamente: ‘Não sou bom o suficiente nem nunca serei'”.

Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





8 Comentaram para “Livro: Grande Magia”


G
1. Sabrina
14/03/2016 às 11:52

Sthepanie!!! Nunca comentei aqui, mas visito o site religiosamente TODOS os dias, mas o tema de hoje é muito importante: NÃO TENHA medo das críticas, pois o que você faz é ajudar MUITAS pessoas a compreender questões tao importante,o auto conhecimento, o amor próprio, religião, entre tantas outras. Sou muito grata por ter encontrado seu blog e agradeço de coração por cada experiencia e insight dividido conosco, porque além de mim existe várias outras pessoas que se beneficiam com suas palavras. Você precisa saber que faz bem a muita gente! Gratidão 🙂


G
2. Stephanie
15/03/2016 às 06:33

Sabrina, muito obrigada pelo seu comentário!

Eu costumo lidar bem com o medo de errar, mas nos últimos tempos andava meio esquisita em relação a isso… mas passou! Foi bom ter escrito sobre isso 🙂

Eu que agradeço por ter leitoras como você, muito obrigada pelo carinho <3


G
3. Olindina Ferreira da Costa
16/03/2016 às 08:22

Olá Stephanie! Em primeiro lugar quero parabenizá-la pelo blog, me identifico em várias coisas que você comenta, te acho o máximo e gostaria de ser você quando crescer! Olha, acho que não existe ninguém mais medrosa do que eu, minha vida é estagnada por conta do medo. Tenho medo de me expor, medo do desconhecido, por isso não trabalho porque temo a entrevista de emprego.
Eu amo ver seus vídeos, ouvir você falar, de alguma forma me motiva, me inspira. Os seus textos muito bem escritos, e eu a admiro muito por isso. Parabéns mais uma vez.
Sempre gostei de livros de autoajuda, e gosto muito de suas indicações, estou louca para ler (Projeto felicidade), entre outros que você indicou. No momento estou lendo O poder da ação, do Paulo Vieira, não me lembro se foi você que indicou, mas é muito bom e eu recomendo. Um beijo carinhoso e desejo cada vez mais sucesso. Sou sua fã!


G
4. Stephanie
19/03/2016 às 17:49

Obrigada, Olindina!!

Eu também já fui bastante medrosa, na verdade ainda sinto medo de muitas coisas, a diferença é que hoje lido muito bem com o medo tendo consciência de que ele existe e sabendo que não quero que ele guie a minha vida.

Que legal que você está gostando do livro do Paulo Vieira! Eu indiquei ele aqui sim, também adorei!

Beijos e muito obrigada pelo carinho!


G
5. Josy
16/03/2016 às 13:01

Sthephanie, fiquei ate curiosa para ler este livro, acho que me sinto desta forma, as vezes sinto medo de errar, e o perfeccionismo toma conta para encontrar a perfeição…

Mudando de assunto completamente (rs), por indicação sua em um post anterior aqui no blog, comprei o kindler e estou amando… estou lendo mais do que antes… e a facilidade de andar com ele pra cima e pra baixo é ótima… (rs)…

Abraços!


G
6. Stephanie
19/03/2016 às 17:46

Josyyyy, que legal que você comprou o Kindle!!! É bom demais, né? Fiquei feliz em saber que comprou por minha indicação e está gostando!


G
7. Dalila Mércia S.
17/03/2016 às 21:59

Amei esse post!❤


G
8. Jade Maranhao
20/03/2016 às 09:58

Me caiu como um luva.



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: