25.04.17 • Em Saúde

A saúde é o bem mais valioso que alguém pode ter, mas, infelizmente, a maioria só se dá conta disso quando a perde. Como nos importamos pouco, ignoramos informações básicas sobre como cuidar do nosso organismo e vamos aos poucos prejudicando nosso corpo, perdendo a vitalidade, diminuindo a nossa energia, e só percebemos quando a situação já está grave.

Todo mundo sabe que a alimentação é a base da saúde. Todo mundo sabe que certos tipos de alimentos fazem muito mal. Todo mundo sabe que é importante se alimentar de forma equilibrada. Mas muitos ignoram tudo isso e consomem muito do que faz mal e pouco do que faz bem.

O resultado? Saúde enfraquecida, energia diminuída e mal estar frequente.

Se você sabe que não se alimenta bem e quer fazer uma reeducação para obter os benefícios de uma alimentação saudável, mas acha que não consegue começar, siga os seguintes passos:

1) Decida e comece agora

Não marque para amanhã, nem para depois da coxinha que você vai comer daqui a pouco. Isso é autossabotagem. Decida que você vai dar início a um estilo de vida saudável e positivo agora. Pronto. Você já está respirando e vivendo a mudança. Se está indo fazer alguma refeição, já comece a pensar no que se encaixa na sua nova alimentação e vá alimentar a sua nova escolha.

2) Defina sua intenção

Por que você está mudando a sua alimentação? Porque quer ser mais saudável, se sentir mais leve, emagrecer, engordar, parar de consumir algo específico (carne, açúcar, laticínios…)? Deixe claro para você qual é a sua motivação para que possa direcionar mais facilmente as suas escolhas de acordo com ela.

3) Vá ao mercado

Esse é, provavelmente, o passo mais importante (e o mais legal). É quando você começa a transformar a mudança em realidade. Com a intenção definida, vá o quanto antes ao mercado (ou à feira) e abasteça a geladeira e os armários com alimentos que combinam com uma alimentação saudável e favorecem a sua intenção. Se não está acostumado a comprar alimentos saudáveis, vai se surpreender com a quantidade de opções. Ter os alimentos certos sempre à mão vai diminuir muito a tentação de atacar o que estiver na sua frente.

4) Organize-se

Veja de que forma fica mais fácil para você organizar a sua alimentação. Vai cozinhar os alimentos no fim de semana e congelá-los para consumir a semana inteira? Quantos lanches você precisará levar para o trabalho/faculdade? Com que frequência irá ao mercado? Se tiver um tempinho, você pode criar menus semanais. Não há regras, encontre uma forma de organizar sua alimentação que torne as coisas mais fáceis para você.

5) Mantenha em mente a palavra-chave: moderação

Você não precisa se probir totalmente de consumir algo que gosta (a não ser que tenha decidido cortar totalmente esse alimento). A reeducação alimentar trata-se de não cometer exageros e viver em equilíbrio, não de sofrimento e privação. Você pode consumir o que quiser se seu novo estilo de vida incluir a palavra moderação. Não proíba, apenas diminua.

6) Curta sua nova alimentação

Viva de forma leve! Não há nenhuma necessidade de ficar neurótico. Um estilo de vida saudável não precisa ser difícil, pesado, sofrido… pelo contrário, pode ser muito divertido! Faça da sua alimentação uma parte prazerosa do seu dia, coma coisas que gosta, faça receitinhas, descubra novos sabores e lugares… divirta-se!



Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook






Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: