24.08.15 • Em Motivação

Escrevi esse texto para mim mesma num momento em que senti uma explosão de motivação e entusiasmo dentro de mim, depois de passar por algumas semanas com uma desanimadora falta de inspiração. Escrevi tudo o que pensei e senti naquele momento.

É uma carta de motivação para mim mesma, para eu ler sempre que precisar.

Mas espero que desperte a motivação de vocês também.

IMG_20150501_155558984

Eu quero mudar. Quero ir mais longe. Quero explorar mais a mim mesma, as minhas habilidades e a minha inteligência. Eu quero mais. Sei que posso mais. Não tenho dúvidas de que eu posso fazer coisas incríveis. E é nessa crença que está a minha força. Porque é no ato de acreditar em si que está a força de toda e qualquer pessoa.

Eu agradeço todos os dias por ser forte o bastante para sonhar e acreditar em mim mesma. Mas, até então, faltava algo. Faltava transformar essa força em ação. Não um pouco de ação, não ação apenas nas horas vagas. A ação que exige que eu ame cada segundo da minha vida e que me entusiasme para agir em busca do que quero todos os dias.

Meu desassossego por aprender, crescer e viver sempre me trouxe coisas boas. Me causa um pouco de ansiedade às vezes, confesso, mas não seria eu se me contentasse com pouco. Eu quero ir além.

IMG-20150331-WA0024

Foi por isso que decidi que, a partir de agora, eu sou uma criadora de oportunidades. Se alguém me perguntar o que eu faço da vida, vou responder: eu construo. Construo meus sonhos, minhas chances, meus aprendizados, meu crescimento, meus bons momentos. Estou construindo minha história e quero que ela contenha tudo o que me faz sentir emoção, felicidade e borboletas no estômago. A partir de agora, eu darei ouvidos a mim mesma sempre que meu coração falar. A partir de agora, estou no caminho que me leva ao longe.

Eu não quero descobrir até onde posso chegar. Eu já sei. Posso chegar a qualquer lugar, desde que eu deseje e trabalhe por isso com todo o meu coração. É o desejo, a e o trabalho que, juntos, aumentam cada dia mais a minha motivação. Se eu mantiver estas três bases, meus passos seguirão em frente no caminho.

O que eu quero é saber que estou fazendo coisas das quais eu me orgulho, coisas que me trazem liberdade e que signifiquem viver.

DSC00399

“Faça como os sonhadores fazem” é minha frase favorita. Até a escrevi em um papel e colei na parede do lado da minha cama, porque eu gosto tanto de sonhar que às vezes esqueço que sonhar não é suficiente. Coloquei a frase ali para ela me lembrar todos os dias que realizar é extraordinário. Sonhadores realizam. Ela me diz, todos os dias: Stephanie, você é uma sonhadora. Aja como tal.

Mas, ao mesmo tempo em que age, aceita e ama o agora, porque é agora que a mudança está acontecendo, é aqui que está a sua força, você está no caminho agora. Felicidade atrai felicidade. Se você estiver feliz agora, é felicidade que vai atrair. Cuide do presente.

Isso me lembra a sensação que tenho quando estou dentro de um avião. Pode parecer estranho, mas eu adoro. Fico extasiada de felicidade quando entro em um. O avião me diz que estou no longo caminho que leva até algo muito maior e mais especial, e eu amo estar nesse caminho.

Meu hoje é minha poltrona do avião. Vou chegar em um lugar incrível, sonhado, almejado. Mas amo estar no avião por enquanto, porque tenho certeza de que estou cada segundo mais perto do meu maravilhoso destino. Feliz por estar aqui.

Entrei no avião.

Estou voando.

Espere por mim, realização. A felicidade vai comigo, daqui a pouco chegamos aí.

Postado por Stephanie Gomes

20.08.15 • Em Livros, Vídeos

Finalmente gravei o vídeo de livros favoritos que vocês tanto pediram!

Contei quais são os cinco livros de autoajuda que mais gostei de ler até agora e que mais me trouxeram aprendizados importantes, e também outros cinco livros que gostei muito e recomendo.

Espero que gostem das indicações. Me contem quais foram os livros mais enriquecedores que vocês já leram, dêem um gostei no vídeo e se inscrevam no canal!

Postado por Stephanie Gomes

18.08.15 • Em Saúde

Dormir bem todos os dias é fundamental para a saúde do corpo e da mente. Quem não dorme bem não tem energia nem disposição para as tarefas do dia a dia e acaba sentindo mais stress e cansaço, os principais inimigos do bem-estar.

Seu parceiro ou parceira já reclamou que você ronca muito? Você já acordou assustado tendo a impressão de estar sufocando? Você acorda várias vezes por noite e sente que o seu sono não é restaurador, já que você já acorda cansado?

O problema pode estar no seu sistema respiratório. Algumas pessoas têm problemas respiratórios que se manifestam principalmente durante o sono, causando roncos e a apneia. E o assunto é sério, pois pode ocasionar até uma parada respiratória, causa de muitas mortes durante o sono.

Pessoas que foram diagnosticadas com esse problema precisam usar um aparelhinho chamado CPAP. A sigla é do termo em inglês Continuous Positive Airway Pressure, que em português quer dizer Pressão Positiva Contínua nas vias aéreas. Esse aparelho é acoplado ao nariz do paciente e é o que mantém o fluxo de ar contínuo e sem obstrução, impedindo então a apneia e os roncos.

CPAP

Como funciona o CPAP

O procedimento não é tão simples, porque não basta comprar o aparelho, é preciso calibrá-lo. Essa calibração é adequada a cada paciente, e para isso é necessário que ele durma pelo menos uma noite em um laboratório específico desse tipo de tratamento.

No laboratório é feita a Titulação de CPAP, que é o que vai diagnosticar a quantidade de pressão necessária para suprimir qualquer problema respiratório que o paciente tenha.

A única causa de apneia do sono que o CPAP não resolve é se você tiver uma obstrução nasal, como o nódulo que as pessoas costumam chamar de “carne do nariz” ou “carne esponjosa”. Esse tipo de problema precisa ser resolvido com medicação ou cirurgia. Eu, inclusive, fiz essa cirurgia quando tinha nove anos, porque sofri muito com problemas respiratórios durante boa parte da infância e era o caso de operar.

Se você sabe que tem um problema respiratório que te impede de dormir bem e diminui a sua qualidade de vida, o CPAP pode ser a solução.

Para mais informações, entre em contato com a Bianco Azure.

Esse post é um publieditorial.

Postado por Stephanie Gomes

17.08.15 • Em Comportamento

Atire a primeira pedra quem nunca sofreu por uma bobagem como se algo extremamente sério estivesse acontecendo. Todo mundo já fez drama por algo que não era tão importante, estragou o próprio dia por uma bobeira e só depois percebeu que exagerou (ou nunca percebeu).

9 coisas bobas que roubam as suas energias - e que você deveria parar de fazer

Não há nada de anormal em estar mais sensível de vez em quando e acabar se abalando por algo pequeno. Somos seres humanos com diferentes sentimentos, emoções, variações de humor e formas de pensar e às vezes perdemos o controle, exageramos, estamos de TPM, ficamos chateados sem grandes motivos… o problema começa quando se abalar por coisas bobas se torna rotina, nos martirizamos por todo pequeno erro ou transformamos um atitude negativa em mania e estas ações começam a nos afetar constantemente, nos colocando pra baixo quase o tempo todo.

O primeiro passo para mudar isso é detectar estas atitudes em nós mesmos. O segundo é estar disposto a mudar, para então passar a se observar e tomar a iniciativa da mudança.

Analisando as minhas próprias atitudes e o que observo e ouço de outras pessoas, listei algumas das coisas bobas mais comuns que as pessoas fazem e que acabam com suas boas energias. Será que você se identifica com alguma(s) delas?

1) Sentir raiva de si mesmo por pequenos deslizes

Deu preguiça e você não foi à academia. Exagerou nos docinhos da festa. Falou algo fora de hora. Pagou um mico. Fez uma brincadeira que alguém não gostou. Cometeu um erro no trabalho. É clichê dizer, mas lá vai: errar é humano. Seja quando erramos com algo muito importante ou quando cometemos um pequeno deslize, precisamos concertar ou pedir desculpas e tomar cuidado para não repetir. Mas repito: seres humanos erram. Muitas vezes nos deixamos abalar de forma exagerada por um pequeno erro que só precisaria de um simples concerto, e fazemos com que isso nos traga um sentimento forte de decepção e raiva de nós mesmos que nos impede de melhorar e fazer a coisa certa. Você não é o seu erro. Você apenas errou, aprendeu, e agora vai tomar cuidado para não repeti-lo.

2) Sofrer por antecipação

“Quanto nos custaram os males que nunca aconteceram…”

Alguma vez você já cismou que algo de ruim ia acontecer, ficou horas inventando uma história terrível na sua cabeça, sofreu de medo esperando o pior e nada aconteceu? Sofrer por antecipação é uma das piores formas de utilizar o seu pensamento. Sim, é difícil parar, principalmente quando temos esse costume ou sofremos de ansiedade. Eu já fiz muito isso e o que me ajudou a controlar foi pensar em quantas histórias eu já criei antes na minha mente e não aconteceram. Quantas vezes eu tive certeza de que estava muito doente, que algo de ruim tinha acontecido a alguém ou que alguma coisa terrível ia acontecer na minha vida, e nada aconteceu? Lembrar a si mesmo de que isso é mais uma invenção da sua mente pode ajudar a relaxar quando você começar a sofrer por antecipação.

3) Reclamar de tudo

As palavras e os pensamentos exercem muito poder na nossa vida, e reclamar é uma forma de espalhar energia negativa dentro e fora de você. É claro que nem tudo conseguimos deixar passar e, dependendo da situação, reclamar pode ser uma forma de fazer com que as coisas melhorem. Mas eu sei – e você sabe – que muitas reclamações que fazemos são por puro hábito e não passam de bobeiras que não merecem tanta atenção e desperdício de energia. Aceitação é provavelmente a palavra que você precisa para melhorar essa atitude. Aceitar que a vida não é perfeita mas não por isso não pode ser maravilhosa. Que problemas fazem parte e você nunca teria aprendido coisas importantes se não fosse por eles. Que o mundo não é perfeito, mas existem muitas coisas boas. Aceite as imperfeições e valorize as coisas boas. Pratique mais gratidão e menos reclamação.

4) Se irritar com o mau humor alheio

A irritação alheia quase sempre é muito mais um problema da pessoa com ela mesma do que com você. Mesmo assim, quando há alguém irritado, mau humorado e chato perto de nós, nos deixamos abalar e absorvemos aquela energia ruim, o que nos deixa também irritados e de mau humor, mesmo que você estivesse se sentindo super bem antes de ficar perto daquela pessoa. Nesses casos, conheço duas opções de solução: ao invés de entrar na escuridão do outro, tente colocá-lo na sua luz. Se não conseguir, seja luz para si mesmo e permita que a pessoa passe pela escuridão, porque ela pode estar precisando passar pelo escuro para conseguir chegar até a própria luz. Respeite o momento do outro, porque nós nunca sabemos o que se passa na vida alheia.

Se irritar com o mau humor alheio

5) Ir a lugares onde não se sente bem

É provável que você já tenha ido a alguns lugares onde não se sentiu bem e percebeu que as energias dali não combinavam com as suas. Ou também a lugares em que não se sentiu bem-vindo e, quando chegou, só conseguia pensar em quanto tempo faltava pra ir embora. Se não houver um bom motivo para ir a esses lugares, pra que gastar suas energias indo lá? Vá a lugares onde você é querido, se sente à vontade e consegue se divertir, conversar, relaxar. Evite os lugares que drenam suas energias e te deixam cansado. A vida é muito curta para, entre tantas opções, escolher ir aonde não nos sentimos bem.

6) Comparar sua vida à dos outros

É muito legal conhecer, admirar e acompanhar pessoas interessantes, inteligentes e bem-sucedidas. Mas deixa de ser algo positivo quando não fazemos isso para nos inspirarmos e aprendermos com elas, e sim para compararmos a nossa vida e ficarmos pensando em como o nosso dia a dia é chato e desinteressante. Não importa se a vida de outra pessoa é cheia de aventuras, eventos legais e acontecimentos interessantes. O que importa é o que você quer da sua vida e o que está fazendo para conseguir. A única comparação que faz você crescer e melhorar é comparar o seu hoje com o seu ontem e questionar se está evoluindo. É a partir daí que você percebe se está no caminho certo, se precisa mudar e toma suas decisões. Comparar-se com os outros não resulta em nenhuma mudança para melhor e só serve para você se sentir insatisfeito.

7) Competir com as outras pessoas

Por inteligência, beleza, sucesso, popularidade, para mostrar quem manda, por querer ser sempre a pessoa que está certa… É um gasto inútil de energia focar sua vida em ser melhor do que alguém, porque muitas vezes o que outra pessoa tem não é o que te fará feliz. Concentre-se em conhecer a si mesmo, descobrir o que você quer alcançar e trabalhe nisso. Se encontrar inspiração em alguém e puder aprender com essa pessoa, ótimo. Mas não se incomode com o que os outros estão fazendo melhor do que você, porque isso não te trará crescimento algum.

8) Pensar nas coisas que você não quer que aconteçam

Desperdício enorme da energia do seu pensamento, que poderia ser aproveitado de forma muito melhor para fazer você se sentir positivo e motivado se estivesse pensando em seus sonhos e objetivos, mas está sendo usado para te colocar pra baixo. Foque seus pensamentos naquilo que você quer que aconteça. Pense mais no que pode dar certo e menos (bem menos!) no que pode dar errado. Ao invés de procurar motivos para se preocupar ou sentir medo, procure motivos para se sentir entusiasmado a fazer coisas boas e correr atrás do que você quer que aconteça.

Pensar nas coisas que você não quer que aconteçam

9) Tentar ser alguém que você não é

Se alguém ou alguma situação exige que você seja diferente de quem é, essa pessoa ou circunstância não é boa para você. Não confunda com situações e pessoas que te ajudam a crescer, estamos falando de pessoas que não te aceitam e situações que apagam o valor de ser quem você é. Não mude para as pessoas gostarem de você. Seja você e as pessoas e situações certas virão.

Tem alguma atitude desnecessária sua que te coloca para baixo e você quer mudar? Você costuma se abalar por coisas bobas? Conte nos comentários!

Postado por Stephanie Gomes

12.08.15 • Em Vídeos

Já que vocês disseram que gostaram do vídeo de favoritos do mês passado, decidi gravar todo mês.

No Favoritos de Julho tem livro favorito, séries que eu assisti e gostei, o que aprendi de importante no mês, coisas boas que me aconteceram, um site muito legal que descobri, assunto que mais estou interessada e outros bons acontecimentos do meu último mês.

Espero que gostem e me contem lá o que vocês fizeram de bom no mês de Julho!

Postado por Stephanie Gomes