06.02.14 • Em Atividades, Experiências, Yoga

Se você nunca fez aula de yoga, talvez já tenha lido algo sobre o assunto e imaginado mais ou menos como é. Algumas pessoas que conheço acham que eu passo uma hora sentada em posição de lótus, com os olhos fechados dizendo “ommmm”, outras pensam que faço contorcionismo duas vezes por semana. Não conheço ninguém que nunca tenha feito e saiba como realmente é.

Provavelmente você também já ouviu falar sobre um ou outro benefício da yoga: alivia o estresse, te deixa “zen”, melhora a flexibilidade, entre outros. Antes de começar a fazer aulas eu também tinha algumas ideias formadas sobre o assunto. Por isso, agora que realmente tive contato com a yoga e comecei a sentir o bem que ela proporciona, resolvi contar aqui como são as aulas que faço e os benefícios que já pude sentir após três semanas praticando.

aula de yoga cachorro olhando pra baixo

Provavelmente minhas aulas não são exatamente como em outras escolas, mas vou descrever como são lá onde pratico, na Cais Yoga, para quem tem curiosidade pelo assunto ter uma ideia de como é. Lá nós praticamos a modalidade Hatha Yoga, que é uma das mais comuns nas escolas aqui no Brasil.

Sempre começamos a aula deitados em uma posição de alinhamento da coluna, com três tijolinhos enfileirados posicionados embaixo das costas e um apoiando a cabeça. Permanecemos assim por alguns minutos e eu sempre percebo que nesse momento o cansaço da minha coluna vai desaparecendo até eu me sentir totalmente confortável.

Depois disso nos sentamos geralmente com as pernas cruzadas e as mãos apoiadas nos joelhos, enquanto a professora nos orienta para que prestemos atenção à respiração, fazendo com que os pensamentos em nossa cabeça comecem a desaparecer e nos concentremos em nosso interior.

pranayama respiracao e pensamento

Então nos preparamos para a parte em que fazemos os Asanas, as posturas de yoga que trabalham o corpo, a respiração e a mente. Algumas posturas atuam mais na força, outras no equilíbrio, flexibilidade, alongamento ou trabalho muscular. Há inúmeras posições diferentes e toda aula elas variam. Além dos benefícios externos, cada uma delas tem uma função diferente internamente, como energização, equilíbrio emocional, calma, concentração etc.

6d44c63e862bb932a3e9aef518276eb1

Depois da prática dos Asanas, vem o Savasana, momento de entrega absoluta em que nos deitamos e relaxamos completamente, com o peso do corpo totalmente entregue ao chão. Esse é o momento da aula em que me sinto melhor, consigo realmente limpar meus pensamentos, perceber a conexão comigo mesma e me sentir totalmente no presente.

savasana

Terminamos a aula sentados novamente com as pernas cruzadas, as palavras finais da professora e um momento de introspecção e agradecimento em silêncio.

Minhas aulas sempre seguem esse roteiro e eu estou gostando muito. Saio de lá feliz, leve e tranquila.

Sei que a yoga possui inúmeros benefícios e que ainda estou no início do processo de aprendê-los, mas estas são as mudanças que a prática me proporcionou até agora, após três semanas de aulas:

As dores de cabeça diminuíram

Desde o ano passado eu estava tendo dores quase todos os dias da semana. Como isso nunca acontecia aos finais de semana, concluí que a causa era stress. A yoga está me ajudando muito a manter a calma e a tranquilidade nos momentos em que, antes, eu não conseguia evitar ser tomada pelo nervoso. Sempre que preciso coloco em prática as técnicas de respiração, meditação e busca interna e estou tendo muito mais facilidade em abstrair as energias ruins ao meu redor (coisa que antes era muito difícil pra mim).

Descobri o que significa “buscar dentro de si”

Sempre ouvi falar que deveria encontrar aquilo que eu necessito dentro de mim, e não fora, mas nunca entendi muito bem como isso funcionava. Nas aulas de yoga, finalmente consegui sentir que isso é possível. É preciso bastante concentração e mudar completamente a maneira de olhar para si, mas funciona. Dentro e fora das aulas, tenho conseguido encontrar paz, calma, tranquilidade, confiança e força apenas procurando dentro de mim quando preciso. Isso é incrível e todo mundo deveria experimentar como é ter essa capacidade.

Felicidade durante a semana

Ano passado meus dias de semana se resumiam a trabalhar, ir pra casa, comer e dormir. Uma rotina que cansa, estressa e desanima qualquer um. Há tempos eu sabia que precisava colocar nos meus dias uma atividade que me desse prazer, mas fui adiando até encontrar algo que eu realmente quisesse muito fazer. Acabei descobrindo a yoga, que além de me tirar da rotina, está me trazendo todos estes benefícios internos e externos. Como faço aulas de segunda e quarta, já acordo feliz nestes dias porque a primeira coisa que faço ao acordar é lembrar que é dia de yoga! Muito diferente de como eu acordava nas segundas-feiras alguns meses atrás.

Criei um “escudo”

Uma das coisas que mais atrapalham a minha felicidade é que eu absorvo muito as coisas que acontecem à minha volta, sejam elas relacionadas a mim ou não. Além de absorver, eu fico magoada e não exponho o que sinto, o que me deixa triste, nervosa, desanimada e às vezes com vontade de desistir de tudo. Estou aprendendo a usar uma espécie de escudo invisível quando percebo que tem algo ruim acontecendo à minha volta ou alguém tentando acabar com a minha tranquilidade. Acho que a origem disso foi o entendimento que a yoga está me trazendo de que não existe nada mais importante do que a minha paz. Aprendi a dar prioridade a ela e me proteger daquilo que tenta afetá-la.

Senti o que é estar de corpo e alma no presente

A partir do momento em que começa a aula, entro em um processo de esquecimento. Esqueço as lembranças do passado, os problemas do dia, as preocupações, os planos que tenho para o futuro, tudo. É um momento muito raro no meu dia a dia, porque passo a maior parte do tempo pensando em várias coisas, e até então não sabia como era me sentir totalmente inserida no presente, de corpo e alma. É claro que ainda não consigo passar uma hora inteira sem deixar que meus pensamentos desviem, mas procuro deixá-los irem embora quando surgem, e quando consigo, experimento essa sensação, que é única.

Respirar profunda e corretamente realmente faz bem

A respiração na yoga é o oposto do que antes eu imaginava que era o certo. Ao inspirar, a barriga deve inflar para fora, e quando expiramos, ela encolhe-se para dentro. Eu sempre fiz o contrário e jurava que estava certa, mas agora que aprendi como realmente é, senti o quanto o simples ato de respirar afeta tanto o meu estado emocional como o físico, principalmente nos momentos em que preciso manter a calma e diminuir as tensões do corpo e da mente.

Dar menos atenção às minhas imperfeições e me sentir bem comigo mesma

Me refiro aos defeitos externos mesmo, aqueles que eu tanto me preocupava que os outros reparassem e que estava sempre tentando esconder. A yoga é uma prática tão bonita que me sinto parte dessa beleza e deixo de me importar com as imperfeições do meu corpo. Quando me sinto equilibrada por dentro, consequentemente sinto a beleza externa surgir. O melhor de tudo é que estou conseguindo levar essa sensação para a minha vida. Se estou bem internamente, é assim que me sinto também em relação à minha imagem. Isso vem acontecendo com frequência, sempre que estou feliz e em paz, não só quando estou fazendo yoga. Perdi a preocupação em estar com a aparência perfeita porque descobri que isso é uma consequência que se torna real quando estou focada na sensação de felicidade dentro de mim.

Fotos: 1  – 234

Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





7 Comentaram para “Como é uma aula de yoga e os benefícios que a prática tem trazido para a minha vida”


G
1. Bruna
06/02/2014 às 11:00

Esse seu post me fez ter mais vontade de praticar yoga! Infelizmente na minha cidade não tem nenhuma escola/academia que forneça esse tipo de aula. Como trabalho na cidade vizinha, pertinho, vou tentar descobrir algum lugar legal em que eu possa praticar.

Acho que os beneficios são imensos e, agitada que sou, preciso de algo que me acalma e tire de mim a ansiedade que tanto tem me incomodado ultimamente. E não poderia concordar mais com você quando você fala sobre se preocupar menos com a aparência. Estou praticando a meditação e sinto isso a cada dia mais na minha vida: quando estamos em equilibrio interno, nos preocupamos menos com o externo, porque o primeiro, consequentemente, melhora o outro!

Abraço!


G
2. Stephanie
06/02/2014 às 13:43

Bruna, se você já faz meditação, com certeza vai adorar a yoga e os benefícios vão se intensificar! Algumas das coisas que estão melhorando na minha vida eu nunca pensei que a yoga poderia fazer por mim, mas está fazendo. Meu próximo objetivo na yoga é encontrar tempo para fazer pelo menos 20 minutos de meditação e posturas todos o dias. Já li em muitos lugares que o ideal é fazer com frequência e realmente percebo que sinto falta nos dias que não tenho aula.

Eu tenho o link de um site que tem um monte de vídeos de aulas, se você quiser, me chama no Facebook que te passo!

Beijos


G
3. daniela navaes
21/02/2014 às 09:45

que lindo de se ler! amo ler/ouvir depoimentos de pessoas que estão descobrindo as maravilhas dessa prática milenar e ao mesmo tempo atemporal.

achei muito interessante que vocês sempre comecem deitados. os quadris ficam no chão ou os bloquinhos abrangem toda a coluna até o sacro (o último ossinho da coluna)?

a filosofia do Yoga é tão atemporal porque é sobre a conexão entre todos os aspectos do seu ser. a unidade entre corpo, mente e espírito. é sobre sentir primeiro, entender depois. ou melhor, entender sentindo. é mais sobre experiência do que racionalização. é sobre perceber que somos únicos, e que devemos que nos aceitar como somos, pois assim as mudanças necessárias acontecerão no seu devido tempo. é perceber que a paz de espírito reside no estado de não-julgamento, e que grandes mudanças podem acontecer em segundos.

muito feliz em saber que você está conseguindo absorver tão bem a essência do Yoga 🙂 continue assim que você vai longe!

namastê!


G
4. Stephanie
22/02/2014 às 09:50

Daniela, os quadris ficam no chão, em uma distância de quatro dedos do último tijolinho!

Realmente, a yoga tem feito uma diferença muito grande na minha vida. Às vezes comparo o meu “antes” e “depois” de ter começado e não acredito que em tão pouco tempo os efeitos já são tão grandes.

Namastê!


G
5. Lil
04/09/2014 às 13:25

Adorei seu post! Entrei na Yoga há dois meses e já sinto esses beneficios também. Minha instrutora sempre tem frases que me deixam pensando durante o dia. Coisas que nos momentos de dificuldade, sem querer, acabo lembrando e agradecendo. Eu entrei para acalmar a mente, mas hoje percebo que acalmei também o corpo e o espirito. Muito bom!!


G
6. Dione Molina Inacio
30/08/2015 às 17:38

Boa tarde Stephanie! curti muito o seu comentário, alias fiquei emocionada mesmo espero que comigo também venha acontecer tudo de bom, fiz a minha primeira prática de yoga na sexta-feira agora e a principio gostei muito tanto que sai com uma sensação do corpo e a alma leve, pena que só vou poder ir uma vez por semana, mesmo assim creio que me fará muito bem!


G
7. Stephanie
31/08/2015 às 20:19

Que legal, Dione!!!

Espero que a yoga te traga tantas coisas boas como trouxe para mim. Volte pra me contar!

Beijos



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: