20.05.14 • Em Comportamento

Todo mundo já sentiu ansiedade alguma vez na vida e sofre de vez em quando com algum de seus sintomas. É comum que o sentimento surja com certa intensidade quando você espera por uma notícia que pode ser boa ou ruim, naqueles dias em que está na expectativa porque sabe que algo irá acontecer em determinada hora, quando está se preparando para algum evento importante ou esperando a sua vez de se apresentar na frente de outras pessoas. Sentir-se ansioso não é nada prazeroso, mas enquanto isso acontece em raras situações, não chega a ser prejudicial.

O problema começa quando a ansiedade se faz presente de forma intensa várias vezes em uma mesma semana, todos os dias ou até em diferentes formas em um único dia. Você percebe que está quase sempre pensando no futuro, sentindo medo, preocupação ou expectativa e passa horas com a cabeça totalmente desligada do que está acontecendo no presente. Não consegue mais realizar suas tarefas sem se sentir frustrado, neurótico e com raiva. Faz tudo com pressa, está sempre com a cabeça lotada de pensamentos sobre mil coisas diferentes e não consegue dar sequer alguns minutos de descanso à própria mente. Aos poucos, a pessoa ansiosa tem sua vida consumida e passa a sofrer consequências que acabam com a sua felicidade.

20 atitudes e ações para combater a ansiedade

O que a ansiedade faz com você:

  • Torna seus dias muito mais difíceis do que deveriam ser
  • Impede que você sinta contentamento e satisfação
  • Faz você perder bons momentos que acontecem no presente porque está prestando atenção ao futuro
  • Te deixa tenso, agoniado, estressado, triste e impaciente
  • Tira a sua capacidade de concentração
  • Afeta todas as áreas da sua vida: estudos, trabalho, relacionamentos, lazer, saúde…
  • Amarra você à apreensão e ao medo
  • Acarreta doenças psicossomáticas

A ansiedade é um sentimento que só existe porque nós o alimentamos. Se você é ansioso e já notou algum destes efeitos na sua vida, é hora de começar a se preocupar em agir, antes que o problema ganhe força e fique mais difícil combatê-lo. Existem ações que você pode praticar para evitar que a ansiedade surja e também algumas para serem usadas quando perceber que já está sendo dominado por ela. Algumas mudanças de atitude e visão também ajudam a manter esse mal bem longe:

1) Viva o presente, esteja presente, seja presente

A ansiedade é o sentimento das pessoas que vivem no futuro. Elas estão sempre preocupadas com alguma coisa, esperando algo acontecer ou se sentindo agoniadas por alguma preocupação. Esquecem que a vida está acontecendo agora e que, enquanto seus pensamentos estão no futuro, perdem as coisas boas que acontecem no presente. Para manter-se no presente, é preciso usar a mente para perceber que você está aqui, agora, fazendo o que está fazendo, e parar de pensar o tempo todo em suas expectativas e medos em relação ao futuro. Consciente disso, você é capaz de tornar interessante ou divertido o que quer que esteja fazendo e realizar suas atividades com muito mais vontade e amor.

2) Seja paciente com você mesmo

Não perca a paciência nem irrite-se quando não conseguir controlar a ansiedade por mais que se esforce. Às vezes, o melhor a fazer é permitir-se sentir o que está sentindo, chorar se for preciso e esperar passar. Entrar em uma guerra contra si mesmo só faz aumentar os sentimentos ruins dentro de você.

3) Lembre de respirar

Quando a ansiedade surge com força e faz você se sentir pressionado, nervoso ou desesperado, a primeira reação que você provavelmente tem sem perceber é a de prender a respiração. Da próxima vez em que se sentir assim, repare se você faz isso. Se perceber que sim, respire bem fundo e solte devagar várias vezes. A respiração relaxa e ajuda a regular os batimentos cardíacos ao mesmo tempo em que alivia a ansiedade e te traz de volta ao presente.

4) Medite

A meditação é um aprendizado que oferece crescimento interno e autocontrole. Se praticada com certa frequência, faz com que a paz, a serenidade e a quietude interna se tornem cada vez mais acessíveis e constantes. Você pode aprender a meditar fazendo aulas de meditação ou yoga, ou começando sozinho com exercícios simples de respiração. Com a prática, vai perceber que fica cada vez mais fácil livrar-se dos pensamentos de ansiedade e tensão assim que surgem, e que eles começarão a aparecer com muito menos frequência.

Meditação para a ansiedade

5) Repita afirmações positivas

Se você nunca tentou melhorar seu estado usando afirmações ou mantras, tente fazê-lo em um momento de ansiedade e veja como isso ajuda. Encontre uma frase que diga o que você mais precisa ouvir naquele momento e repita-a em pensamento para si mesmo. A simples repetição das frases “tudo vai ficar bem”, “está tudo bem” ou “tudo está como deve estar” é capaz de acalmar os nervos, fazê-lo colocar a cabeça no lugar e recuperar a clareza e a tranquilidade que haviam sido tomadas pela ansiedade.

6) Pense em gratidão

Sempre que perceber que a obsessão com o futuro está te fazendo mal, comece a pensar em coisas pelas quais é grato. Pense em quantas coisas valiosas você tem: sua saúde, sua família, sua capacidade de aprender, o privilégio de estar vivo, sua casa, seus amigos. Entregue-se de corpo e alma ao sentimento de gratidão e não haverá espaço para tormento causado por pensamentos desnecessários.

7) Cuide de si

Tire um momento todos os dias para cuidar de si mesmo ou fazer uma atividade que te deixe feliz. Coisas simples como tomar um banho relaxante, cuidar da aparência, fazer um curso interessante, ir ao seu lugar favorito, praticar alguma forma de arte ou apenas relaxar aumentam a satisfação com a rotina e ajudam a diminuir aquela ansiedade causada pelo tédio de viver apenas em função das obrigações. Não só para combater a ansiedade, mas pelo seu bem-estar e felicidade no geral, nunca abra mão de ter um momento para você todos os dias.

8) Desconecte e reconecte-se

Não só da internet, televisão e outras tecnologias, mas desconecte-se também de qualquer atividade que esteja fazendo ou tenha que fazer e das pessoas ao seu redor. Permita-se deixar tudo de lado por alguns minutos e não pensar em acontecimentos, pessoas e afazeres. Então conecte-se com você. Sinta o que quer que esteja sentindo, veja lá no fundo do seu interior, respire, sinta a conexão com você mesmo e perceba a sua presença, a energia e a vida que existem em você e que independem de fatores externos. Faça isso pelo menos uma vez por dia. Quase ninguém dá importância a essa desconexão com o externo e reconexão com o interno, mas ela é capaz de transformar a forma como se vive para (muito) melhor.

desconecte

9) Recarregue as energias

Sentir a luz do sol na pele por alguns minutos, caminhar ao ar livre, fazer um alongamento e tirar uma soneca rápida são coisas que não tomam muito tempo e ajudam a relaxar, esfriar a cabeça e recarregar as energias. Eu gosto muito de fechar os olhos e sentir o calor do sol no rosto quando estou cansada e preciso de forças para continuar, mas você pode preferir outra forma de sentir-se renovado. Descubra o que te faz bem e faça disso um artifício para quando a ansiedade te deixar para baixo e você precisar continuar forte.

10) Tome chá de camomila

Além de a erva ter efeito calmante, tomar uma bebida quente é sempre um momento de prazer que ajuda a relaxar e sentir conforto. A sensação boa que o chá oferece para o corpo te faz querer aproveitar o prazer da apreciação e colocar-se no presente, conseguindo tirar o seu foco do que quer que esteja te incomodando.

11) Ore

Independentemente da sua religião ou em que acredita, quando estiver muito ansioso, você pode parar por alguns minutos e ter uma conversa franca mentalmente, dizer em pensamento o que está sentindo e pedir que a situação se encaminhe da forma que melhor for para você. Deposite fé e confiança nesta oração. Você pode até conversar com você mesmo, pedindo que seja forte e que tenha calma e sabedoria para lidar com o que está acontecendo. Se suas preocupações costumam vir com intensidade quando você se deita para dormir, é uma ótima hora para fazer uma oração, terminar o dia bem e acordar melhor no dia seguinte.

12) Escreva o que está sentindo

Colocar sentimentos no papel tem quase o mesmo efeito de desabafar com outra pessoa. A sensação é de que você está tirando um pouco do peso da ansiedade de dentro de você e colocando do lado de fora. Escreva exatamente o que está sentindo, seja honesto. Não se preocupe se as frases fazem sentido ou seguem uma ordem, nem tente analisar ou encontrar uma solução neste momento, apenas escreva.

Escreva o que está sentindo

13) Fique em silêncio

Barulho, agitação, movimentação de pessoas, celular tocando… por convivermos com sons ininterruptos muitas horas por dia, todos os dias, não percebemos mais o efeito que eles nos causam. Achamos que, por estarmos acostumados, o barulho não nos afeta, mas ele é sim um dos motivos do nosso estresse e ansiedade. Encontrar momentos de silêncio em meio à agitação pode ser muito benéfico. Tenha em casa um espaço onde consegue ficar em total silêncio e use-o sempre que puder. Você não precisa ficar nesse lugar sem fazer nada. Pode ler, escrever, desenhar, fazer yoga, se espreguiçar, olhar para o céu… mas o importante é que faça em total silêncio, para que possa sentir a diferença.

14) Pratique uma atividade que exija atenção

Sabe aquelas coisas que você faz enquanto seu pensamento está longe? Assistir televisão, ouvir música, arrumar a casa e ficar deitado na rede são bons exemplos. Elas são ótimas para relaxar, mas não quando você está ansioso. Para a ansiedade, o melhor a fazer é encontrar uma atividade que exija toda a sua atenção, que precise de foco total para ser feita e não permita outros pensamentos, como fazer yoga, escrever, jogar um jogo de estratégia e ler.

15) Procure um profissional

Se você já percebeu que a ansiedade não está apenas incomodando vez ou outra, mas também atrapalhando algumas áreas da sua vida e te impedindo de fazer algo, busque ajuda profissional. Todas estas dicas podem ajudar bastante, mas só um profissional tem preparo suficiente para entender e trabalhar o problema de forma profunda e certa.

16) Tenha contato com animais

Se você gosta da companhia de animais de estimação, saiba que, quando estiver se sentindo ansioso, ficar perto, brincar ou fazer carinho em um animal ajuda a relaxar e esvaziar a cabeça. Estes efeitos fazem você perceber que é sim capaz de se tranquilizar e sentir alegria, apesar dos pensamentos que estão consumindo sua mente.

tenha contato com animais

17) Converse com alguém que saiba ouvir

Em momentos de ansiedade, falar o que está sentindo ajuda muito. Porém, para que o desabafo realmente te faça bem, é preciso que a conversa seja com alguém que saiba ouvir e te dar todo o espaço que você precisa para se sentir à vontade e colocar para fora tudo o que está sentindo, sem ficar se preocupando com julgamentos. Se conversar com alguém que fica te interrompendo, mudando de assunto ou falando da própria vida, a ansiedade vai piorar. Na verdade, manter amigos que você sabe que estarão ao seu lado e vão te ouvir quando você precisar é importante para a felicidade no geral. Faça disso uma prioridade.

18) Faça uma visualização calmante

Quando estiver se sentindo muito ansioso e sem controle, não fique tentando fazer um grande esforço para mudar o sentimento. Aceite o que está sentindo, deixe a ansiedade onde está e comece a visualizar mentalmente um ambiente calmo, com pouca informação e cores não muito fortes, como uma praia, um campo verde ou um lago. Apenas veja. Não crie histórias, movimento, situações ou pessoas, porque é justamente isso o que causa ansiedade. Visualize apenas o ambiente e deixe que os pensamentos se dissolvam e a visão te traga tranquilidade.

19) Faça uma lista

Quando a causa da ansiedade for a quantidade de tarefas a fazer, ao invés de enlouquecer tentando resolver todas de uma vez, coloque-as em uma lista e vá resolvendo uma por uma, com calma, organização e foco. Vá riscando aquilo que já cumpriu, pois isso faz você se sentir produtivo e motivado a terminar a lista. Trocar a ansiedade pela concentração torna possível a resolução de qualquer problema.

20) Simplique

Facilite sua vida. Pare de tornar as coisas complicadas. É provável que muitas das vezes em que você se sente incomodado, é por algo que poderia passar sem causar problemas se você não desse tanta atenção. Identifique e dê menos importância a estas banalidades. Deixe pra lá todas as bobagens que te fazem sentir mal. Importe-se menos, muito menos. Coloque o “ser” na frente do “ter”. Não leve a vida tão a sério.

simplifique sua vida

O que você faz para evitar e combater a ansiedade? Tem alguma outra dica? Compartilhe nos comentários!

Fotos: 123456



Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





25 Comentaram para “20 ações e atitudes para combater a ansiedade”


G
1. Edvânia Maria
20/05/2014 às 13:37

Muito boa a matéria Stephanie!
Não é sempre mas de vez em quando eu sofro com a ansiedade, e essas 20 dicas vão ser muito úteis! Obrigada! 😀
Bem, normalmente eu procurava respirar fundo, me concentrar no objetivo e trazer pensamentos positivos a minha mente como na dica 5! ^^
Beijos!


G
2. Stephanie
20/05/2014 às 20:08

Eu que agradeço o comentário, Edvânia! Respirar fundo é a primeira coisa que eu faço quando sinto a ansiedade chegando, ajuda muito!

Beijos


G
3. S jung
20/05/2014 às 16:17

Sempre que passo aqui me identifico, e me deparo com alguma situação não a pior do mundo, mais os conflitos cotidianos.


G
4. Heloísa
26/05/2014 às 13:15

Sou uma das pessoas mais ansiosas que conheço. Sabe aquele tipo de pessoa que fica noites sem dormir, passa o dia planejando e até esquece de se alimentar durante o dia quando tem algum plano em mente? Sou assim. Mas já percebi que com isso passo a semana toda planejando alguma coisa, sofrendo por antecipação e no momento em que o que eu quero acontece, perde a graça, não consigo me sentir feliz com aquilo.
Eu adorei o post. Preciso mesmo aprender a viver o presente e deixar as coisas fluírem. Vou tentar seguir essas dicas ao máximo.


G
5. Stephanie
26/05/2014 às 21:08

Oi Heloísa!

Realmente, a ansiedade pode se transformar em um pesadelo se não começarmos a controlá-la logo de início, quando ela ainda se manifesta com menos intensidade. Aos poucos, sem nem percebermos, ela vai levando nossa capacidade de viver e aproveitar a vida para nos ocuparmos com preocupações, medos e expectativas. O segredo é esse mesmo: viver o máximo possível no presente!

Beijos!


G
6. Mariana
10/06/2014 às 10:22

Olá Stephanie!

Gostaria de agradecê-la por palavras tão bonitas..neste momento estou inclusive emocionada ao ler este post sobre a ansiedade…tenho vivido um momento difícil de desemprego e a cada concurso, a cada entrevista a ansiedade vem com uma força enorme e nem dormido bem eu tenho, pois os pensamentos fervilham na cabeça…
Encontrei seu blog por acaso há uns dois dias e amei, é incrível..vc consegue tocar a alma das pessoas. Desejo de todo coração que todo o bem que vc tem feito através de suas palavras volte para sua vida em dobro através de bençãos de Deus!

Abraços e uma ótima semana,

Mariana


G
7. Stephanie
10/06/2014 às 20:11

Mariana, eu que não tenho palavras para te agradecer por deixar um comentário tão gentil! Espero de verdade que o post tenha te ajudado de alguma forma, e que você consiga driblar essa ansiedade para viver bem esse momento de sua vida. E que tudo dê certo na sua carreira. Confia que vai dar!

Fico muito feliz em saber que descobriu o blog há pouco tempo e gostou. Espero te ver sempre por aqui!

Beijos


G
8. lais
29/05/2015 às 15:19

Não sei mais o que fazer a ansiedade toma conta de mim que eu chego a ficar em pânico. Tenho crises de medo, tenho medo de tudo inclusive tenho medo de ter medo! E as vezes depois de uma crise sinto como se eu estivesse fora de mim, como se eu não fosse eu mesma se é que me entendem. Difícil falar com alguém sobre isso pq muitas pessoas não entendem e então eu vou sofrendo calada! Tive pânico pela primeira vez aos meus 16 anos e depois disso minha vida está um inferno. Tenho 21 anos e não vejo solução pro meu problema e todos os dias acho que estou ficando louca. Lutando contra mim mesma gente por favor me ajudem. Alguém já passou por isso? Alguém superou, como fizeram pra se curar me ajudem não tenho condições de fazer tratamento médico mas preciso me curar. As vezes penso até em suicídio, tô sofrendo muito


G
9. Stephanie
29/05/2015 às 20:09

Lais, espero que você volte aqui para ler minha resposta.

Isso que você sente é mais comum do que você imagina. Se está se sentindo sozinha e envergonhada em falar sobre isso veio ao lugar certo. Eu também já tive crises de pânico e faço tratamento para não ter mais. De vez em quando tenho um sintoma ou outro e sei como é difícil, mas você não precisa continuar assim.

Síndrome do pânico é uma doença que precisa ser tratada. Não é nada simples, não se trata de um stress passageiro ou um simples medo. É algo que acontece em seu cérebro e precisa ser tratado por um psiquiatra, senão você vai continuar sentindo isso. Seu problema tem solução sim, mas você precisa ir ao médico. Não se sinta envergonhada por isso. Espero que te ajude um pouco saber que eu também passo por isso. Sofri algumas crises terríveis mas estou melhorando aos poucos e você também irá melhorar depois de ir ao médico.

Eu sei como é essa sensação de estar fora de si, é um dos piores sintomas de todos. Eu sei o que você está passando, e também sei que você pode superar, porque acredito que eu também vou superar.

Por favor, procure um médico. Se quiser conversar pode me mandar email: contato@desassossegada.com.br. Conte comigo.

Beijos


G
10. ana
23/07/2015 às 14:28

é muito bom a matéria isso me fez lembrar de várias coisas


G
11. Jean
29/09/2015 às 21:21

Texto excelente! Palavras mágicas! sofro com ansiedade e as dicas são um tanto valiosas… vou começar praticar diariamente. Com certeza vou conseguir controlar… Muito grato!


G
12. Stephanie
30/09/2015 às 21:48

Obrigada, Jean! Pratique sim, veja o que te ajuda e coloque em prática! Espero que funcione 🙂


G
13. Francielly
27/10/2015 às 14:20

Ola, eu ja senti todos os sintomas possiveis da ansiedade e do panico ja passei por tratamento psiquiatrico ja fiz uso de medicacao por um ano porem agora nao mais no momento posso dizer pra vcs que estou passando pela pior fase dessa doenca eu tenho ansiedade extrema e crises de panico quase que diariamente e na maioria das vezes a noite, estou em tratamento com psicologo o que esta me ajudando muito por que eu preciso descobrir em mim qual e a causa disso tudo, e digo a vcs que sofrem com o mesmo problema nao desanimem por que eu nao vou desanimar vou conseguir voltar a ser como era antes disso tudo aparecer na minha vida fe, perceveranca e Deus no coracao ajudam muito bjs


G
14. Stephanie
27/10/2015 às 19:38

Francielly, obrigada por compartilhar sua fé e força aqui no blog, é bom saber que há pessoas assim, que conseguem ser corajosas mesmo nos tempos mais difíceis.

Muita força para você! Volte para me contar do seu progresso.

Beijos


G
15. vivi
14/01/2016 às 23:45

me ajudou muito respirar fundo me deixava ainda mas nervosa e ansiosa mas com essas dicas me sinto muito mais tranquila, na frente das pessoas eu gaguejava, tremia, ficava nervosa, com vontade de sair correndo! mas me sinta muito tranquila!


G
16. Stephanie
15/01/2016 às 07:18

Respiração ajuda muito mesmo, Vivi! Fico feliz em saber que se sentiu melhor.

Beijos


[…] Matéria completa Clica Aqui […]


G
18. Augusto
28/06/2016 às 20:01

Boa noite sofro de ansiedade e pensamentos antecipatórios ou seja sofro por antecipação, adorei o seu blog gostei muito das 20 dicas, vou seguir a risca, parabéns pelas matérias


G
19. Stephanie
30/06/2016 às 07:19

Obrigada, Augusto!


G
20. Lúcio Rauber Anschau
10/10/2016 às 16:58

Amo ler textos de cura física e Espiritual. Sempre uma pessoa boa ajuda a outra pessoa se libertar do mal das doenças, do satanismo social e familiar,e dos maus exemplos de morte dos adultos.Acredito que existe somente um só caminho, uma só saída, DEUS!


G
21. lili
09/12/2016 às 14:28

Muito obrigada pelo post , eu tive alguns pesadelos a uns dias e comecei a ter medo de dormir e insonia espero que passe , vou tentar pensamentos positivos e rezar durante o dia . estou remoendo o pesadelo durante o dia e ficando com medo a noite .
Me senti muito covarde pois aos 19 anos no meio da noite chamei minha mae pra dormir comigo


G
22. Gustavo
06/02/2017 às 03:47

Stephanie você é demais! Nesse exato momento estou sem sono por causa de uma crise de ansiedade terrível que tive. Tuas palavras me trouxeram um alento e tanto. Gostaria de conversar mais com você se possível. Posso te enviar um e-mail? Muito obrigado.


G
23. Stephanie
20/02/2017 às 20:00

Gustavo, que gratificante ler a sua mensagem! Já sofri muito com ansiedade também, sei como é terrível. Pode me enviar email sim, fique à vontade 🙂


G
24. isabella
12/04/2017 às 10:57

Dicas bem legais! As vezes a gente acha que já viu tudo, mas sempre tem algo a nos acrescentar. obrigada


G
25. Stephanie
12/04/2017 às 14:05

É verdade, Isabella! Sempre temos algo a aprender e/ou a lembrar 🙂

Beijos!



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: