12.01.15 • Em Comportamento

Medo. Uma palavrinha tão pequena, capaz de causar grandes estragos na nossa vida, muitas vezes silenciosos, porém altamente destrutivos. Um sentimento indesejado mas com o qual nos apegamos facilmente e de tal forma que chega um momento em que não sabemos mais viver sem ele. Mas quem não queria ter toda a coragem do mundo para fazer aquilo que tem vontade? Quem não tem um desejo guardado que ainda não foi transformado em realidade porque o medo estacionou bem na frente do seu próximo passo?

primeira foto

O medo não é visível ou palpável. Ele mora em nossa mente, assim como nossas emoções, sensações, sentimentos e pensamentos, e é influenciado por eles. Quando estamos animados, o medo diminui. Quando nos sentimos solitários, ele cresce. Quando pensamos positivo, ele perde espaço para a fé. Quando pensamos negativo, ele está vencendo a batalha.

É por isso que os pensamentos que alimentamos e os aprendizados e conhecimentos que conservamos exercem grande influência sobre nós. É através deles que determinamos de que forma enxergamos a vida. Se tivermos pensamentos positivos, as sensações negativas – como o medo – perdem a intensidade. E se nosso entendimento sobre o que é o medo, como ele age na nossa vida e que atitudes o enfraquecem for bem direcionado, conseguimos controlá-lo sem dificuldade.

Os seis pensamentos abaixo são alguns aprendizados você precisa absorver e carregar com você, para ter mais consciência sobre o medo e lidar melhor com ele. Leia com atenção, entenda e procure refletir sobre eles e considerá-los sempre que precisar enfrentar o medo:

Tudo é difícil antes de se tornar fácil e tudo é desconhecido antes de se tornar conhecido

Você não nasceu sabendo andar, ler, falar, nadar, trabalhar, dirigir… Cada uma destas coisas teve início no nada. Você não tinha ideia do que fazer no primeiro dia de trabalho. Deu medo, mas você foi. As primeiras vezes que dirigiu em uma avenida as pernas tremeram, e hoje você faz tudo com facilidade. Não foi nada fácil aprender a ler, mas olha você aí lendo! Tudo o que você já conhece um dia foi desconhecido e tudo o que você sabe hoje teve que passar por um processo de aprendizado começado do zero. Você nem se lembra mais disso, mas foi assim! E todas estas coisas são importantes para a sua vida, assim como tudo o que você criar coragem para aprender daqui para a frente será importante no futuro! Medo de começar ou de mergulhar em algo novo é uma grande bobagem. Funciona assim para todo mundo, portanto, vá e faça de uma vez! Cedo ou tarde o difícil vira fácil, o desconhecido vira conhecido e o que você não conseguia fazer uma hora vai conseguir. Começos fazem parte da vida, não deixe de começar por medo.

desconhecido

Não vá para o caminho que o medo faz você ir

Se você está seguindo determinado caminho porque o seu medo te colocou lá, pare. Pense bem. É o medo o sentimento que você quer que guie sua vida? Ou é a alegria, o amor, a vontade, a curiosidade, a beleza e outras coisas boas? Se o que te faz estar onde está é o medo, repense sua vida. Se você tem uma escolha a fazer ou uma decisão a tomar, pergunte antes se está se inclinando para a voz do medo ou para o chamado da sua felicidade.

O medo é SEMPRE uma invenção da mente

Quando algo de ruim realmente acontece, o que nós sentimos não é medo. É tristeza, desespero, decepção, dor… sentimentos reais ligados ao que está acontecendo no presente. Já o medo está relacionado a algo que não aconteceu e pode muito bem não acontecer. Ele é só a imaginação usando a nossa mente para nos fazer mal. Quantas vezes você já não sofreu por coisas que nunca aconteceram? E depois a gente acaba achando graça por ter sofrido à toa, mas isso não faz nada bem para a saúde e ainda atrapalha nossa vida durante horas, dias, até semanas. É por isso que tanto se fala sobre a importância de viver no presente. Sofrer pelo medo é um enorme desperdício de tempo.

Vá com medo, vá sem medo, mas vá!

Essa é uma frase que eu sempre procuro pensar quando fico paralisada diante do medo, já se tornou um mantra pra mim. Fecho os olhos, penso nela, respiro fundo e vou! Porque muitas vezes um segundo de coragem é tudo o que a gente precisa e o efeito deste pensamento é instantaneamente encorajador. Se o medo não quiser largar do seu pé, arraste ele junto. Só não pare!

com ou sem2

O arrependimento pelo que você não fez é muito pior do que o pelo que você fez 

Porque se você fez, ao menos viveu, e por mais chata que tenha sido a experiência, você sempre leva algum aprendizado com você. Não há dúvidas de que a gente aprende muito mais experimentando do que ouvindo falar. Sem contar que em meio a experiências ruins haverá muitas boas! Se você não se arriscar e tentar, não terá nenhuma das duas. E é muito melhor viver coisas incríveis em meio a um ou outro tropeço do que não viver nada.

Fotos: 123

Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





28 Comentaram para “5 pensamentos que vão te ajudar a lidar com o medo”


G
1. janaina
12/01/2015 às 12:03

cara ta rolando uma sintonia de pensamento legal entre nós,ontem mesmo tava pensando em te escrever pedindo dicas de como me livrar desse sentimento/pensamento que me paralisa . obrigada.


G
2. Bruna
12/01/2015 às 12:19

Ótima reflexão, Stephanie! Ano passado posso te dizer que foi um ano de medo. Depois da perda da minha tia comecei a sofrer muito com medo, especialmente quando eu ia viajar. O que tem me ajudado agora é a leitura do “Poder do Agora”. Que livro incrivel. Bem que você comentou aqui… aprendo todos os dias com ele!


G
3. Stephanie
13/01/2015 às 19:49

Sei como é, Bruna. Depois que minha mãe faleceu também sofri muito com o medo. Estou aprendendo a lidar melhor com ele agora, e o segredo é bater de frente mesmo, não recuar.

Esse livro é demais! Hoje mesmo pensei em pegar ele para reler porque ando meio ansiosa, precisando voltar para o presente.

Beijos!


G
4. Stephanie
13/01/2015 às 19:51

Que ótimo isso, Janaina! Espero ter conseguido te ajudar, mas qualquer coisa pode me escrever sempre que quiser :)

Beijos


G
5. Andrea
23/01/2015 às 18:29

Oi Stephanie, um livro bom que tb retrata esse tema é o “Efeito Sombra” do Deepak Chopra, além de alguns áudios e livros da Louise Hay. bjs


G
6. Stephanie
24/01/2015 às 08:36

Já ouvi falar desse livro do Deepak Chopra, Andrea! Mas não sabia que ele falava sobre o medo. Tô bastante interessada sobre esse assunto ultimamente, vou procurar!

Beijos


G
7. Marina
25/01/2015 às 23:56

Postagem muito bacana, me fez pensar bastante, principalmente na questão do “tudo é desconhecido antes de se tornar conhecido”. A gente raramente pára para pensar nisso né? Eu não tenho medo de baratas e de ratos, como muita gente, mas morro de medo de coisas desconhecidas. Não que eu pense que estou morrendo de medo, mas acabo ficando com um pé atrás diante do desconhecido e às vezes acabo seguindo o caminho do medo. Vou tentar não fazer isso nas próximas vezes


G
8. Stephanie
26/01/2015 às 22:00

E é verdade, não é Marina? Se não tivermos coragem de enfrentar o desconhecido não teremos chance de aprender, conhecer e evoluir. Estaremos perdendo muita coisa boa!

Eu também fico com o pé atrás muitas vezes, mas ter consciência deste pensamento sobre o medo me faz seguir, mesmo com ele presente.

Obrigada por comentar!

Beijos


G
9. Tais Cruz
26/01/2015 às 22:05

Oi, Stephanie!
No ano passado li “Coragem” do Osho, e muitas das coisas que li aqui são traços do que li lá.
Esse ano de 2015 eu comecei com esse pensamento: ir com medo, mas ir. Embora isso seja algo que comecei a trabalhar em 2013, 2014 já estava uma pouco mais ousada e já em 2015, consegui realizar coisas incríveis e que era algo praticamente intangível… O mais legal foi a naturalidade dessa “evolução”.

Beijos e bom 2015!


G
10. Stephanie
27/01/2015 às 20:02

Oi Tais!

Que coincidência, estou lendo um livro do Osho também, mas o que estou lendo é o “Liberdade”. Quero ler o “Coragem” depois! Confesso que trouxe para este post algumas ideias que a leitura dos livros dele me inspirou.

Muito legal seu depoimento com a prova de que nem sempre mudanças acontecem de uma hora pra outra e rapidamente. Na maioria das vezes é um processo, como o que você contou. Adorei saber!

Beijos!


11. Vai com medo mesmo | Kelly Agostinho
05/02/2015 às 14:05

[…] Leia texto na íntegra: Desassossegada […]


G
12. Duarte Génio
30/10/2015 às 11:38

Ola Stephanie.
Gosto muito da sua escrita,da sua forma de se expressar,simples e fluida.
O medo de facto é paralisante,e eu sei bem visto ter por longos anos vivido com Transtorno do panico.
Hoje graças a Louise Hay Chopra,e tambem ao Reiki e meditaçao estou bem melhor.Gostei do seu Mantra!!!!!Com medo ou sem medo vai mesmo
Atenciosamente
Duarte


G
13. Stephanie
03/11/2015 às 20:25

Muito obrigada, Duarte!

Tenho interesse em conhecer mais sobre reiki, bom saber que você teve uma boa experiência com ele :)


G
14. Eduardo Lopes Ferreira
07/01/2016 às 12:39

Buscando textos de ajuda para enfrentar o medo, encontrei suas reflexões. Estou prestes a realizar uma cirurgia de catarata, já bastante desenvolvida, no olho direito. Será a segunda cirurgia nesses meus 50 anos. A primeira foi ainda em criança, amígdalas. Fui em frente, fiz exames e marquei a cirurgia para 21/1/16. Andei com medo o tempo todo e ainda estou muito desconfortável com a ideia. A sensação é muito desagradável. Ler textos como o seu nos ajuda a ver que isso acontece com muitas pessoas e que, se não tentarmos ir em frente, nosso problema só aumentará. Mas é muito difícil! Um grande abraço e parabéns!


G
15. Stephanie
08/01/2016 às 23:18

Eduardo, imagino o quanto você deve estar apreensivo, é difícil não se abalar com questões de saúde… mas é o que você disse, você não é o único e não está sozinho! Pense em quantas pessoas passaram pelo que você está passando e ficaram bem! Pense positivo, estimule boas energias, mantenha o otimismo e a esperança e confie! Isso faz bem para a saúde.

Será apenas mais um desafio da vida, uma história para contar no futuro com alegria por você ter superado.

Envio boas energias para a sua cirurgia! Vá com fé :)


G
16. Eduardo Lopes Ferreira
18/01/2016 às 15:00

Stephanie, voltei ao site hj e achei sua amável resposta. Muito obrigado por ocupar uns minutos de seu tempo comigo. Vc é tão jovem e, ao mesmo tempo, tão sábia. Pessoas como vc são especiais! Gostaria muito de ter pessoas como vc perto de mim. Um beijo.


G
17. Stephanie
20/01/2016 às 07:15

Eduardo, que bom que voltou para ver a resposta! É um prazer receber comentários e respondê-los.

Muito obrigada pelas palavras!

Beijos


G
18. Gisele
23/02/2016 às 11:48

Excelente texto …
As vezes o medo paralisa, enfrentá-lo é realmente o melhor caminho e percebemos que quando recuamos perdemos oportunidades em nossas vidas e novas experiências.
Obrigada por compartilhar conosco um texto tão motivador. Um grande beijo.


G
19. Gisele
23/02/2016 às 11:48

Excelente texto …
As vezes o medo paralisa, enfrentá-lo é realmente o melhor caminho e percebemos que quando recuamos perdemos oportunidades em nossas vidas e novas experiências.
Obrigada por compartilhar conosco um texto tão motivador. Um grande beijo.


G
20. Stephanie
26/02/2016 às 06:21

Sem dúvida, Gisele, o medo sempre vai existir, por isso precisamos aprender a lidar da melhor forma como ele para que não atrapalhe nossa vida e nos faça perder boas oportunidades.

Obrigada por comentar!

Beijos


G
21. Sueli Rodrigues
27/02/2016 às 20:58

gostei, de ler estas paginas, mas meu maior medo e de ficar doente,e isso esta atrapalhando meu modo de vida,pois cada dia levanto sentindo algo.


G
22. Maria
01/03/2016 às 08:12

Tenho medo de tudo,fico trêmula choro,tenho vontade de fazer muitas coisas mais quando penso o medo já tomou conta de mim,tenho inveja de quem vai lá e faz e pronto,queria ser assim mais infelizmente não sou


G
23. Stephanie
02/03/2016 às 07:16

Oi Maria,

Eu te entendo completamente, já sofri bastante com medos causados por traumas que tive. Você já procurou um profissional que possa te ajudar? Muitas pessoas passam pelo mesmo que você está passando, e existem profissionais preparados para ajudar com isso. Considere procurar um psicólogo ou psiquiatra que possa te ajudar, você vai ver como vai valer a pena.


G
24. Stephanie
02/03/2016 às 07:19

Sueli,

O medo exagerado de ficar doente é um problema psicológico que se chama hipocondria. Sei disso porque sofro do mesmo problema. Te aconselho a procurar um profissional que possa te ajudar, eu só melhorei disso quando procurei ajuda de um psiquiatra.


G
25. Stephanie
02/03/2016 às 07:21

Obrigada, Gisele!

O medo pode se tornar uma força poderosa se não tomarmos consciência dele, mas é sempre possível sermos mais fortes e seguirmos em frente.

Eu que agradeço o carinho. Beijos!


G
26. Beatriz Helena
09/05/2016 às 18:52

Muito obrigada!


G
27. Stephanie
09/05/2016 às 19:42

Eu que agradeço a visita, Beatriz :)


G
28. Elias
29/06/2016 às 21:09

O livro O poder do agora é fantástico,estou lendo novamente.



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: