07.12.15 • Em Saúde

No último post eu contei que estou buscando me alimentar mais saudavelmente, já que esse foi um ano em que descuidei muito da minha alimentação e quero melhorar isso.

Eu não gosto de dietas malucas e restritivas, nem gosto de sofrer porque não posso comer algo que tenho vontade. Pra mim, a única coisa que realmente funciona é reeducação alimentar, ou seja, uma alimentação equilibrada e saudável, em que eu diminuo (e não proíbo) o consumo de coisas gordurosas, condimentadas, industrializadas, fritas e cheias de açúcar e aumento o consumo de alimentos naturais e saudáveis.

50 alimentos super saudáveis para incluir no cardápio

Eu confesso que tenho um pouco de dificuldade para comer coisas saudáveis porque na infância eu não comia verduras e legumes de jeito nenhum. Não foi tão fácil para mim inserir alimentos saudáveis no dia a dia, mas quando entendi que isso era importante, fui aos poucos experimentando e comecei a gostar. Tem coisas que não gosto mesmo e não tem jeito, mas estou sempre tentando inserir algo novo de alguma forma na minha alimentação.

Uma dica que eu dou é procurar receitas que você gosta para fazer com ingredientes saudáveis. É uma forma de incluir aqueles que você não gosta tanto na alimentação e se acostumar com eles aos poucos. Você pode fazer sopas, risotos, sucos, quiches, tortas, saladas…

Outro dia eu resolvi experimentar arroz integral – eu nunca tinha comido porque achava que era duro e ruim – e adorei! Agora faço toda semana e troquei o arroz branco por ele. Foi aí que tive a ideia de fazer uma lista de alimentos saudáveis que, se nunca experimentamos, podemos experimentar e, quem sabe, gostar e incluir na nossa rotina.

Eu não sou nutricionista, por isso pesquisei por fontes confiáveis na internet e informações que tenham sido dadas por especialistas. Coloquei vários alimentos que geralmente não são tão comuns na nossa alimentação, ficam as sugestões para você experimentar:

1) Arroz integral: promove a saciedade por mais tempo e é melhor que o arroz branco porque conserva as fibras, vitaminas e minerais do grão
2) Grão de bico: além de ter muitas vitaminas e proteínas, é fonte de serotonina, responsável pelo nosso bem-estar e energia
3) Lentilha: muito rica em nutrientes, auxilia o metabolismo, tem fibras que promovem a saciedade e combate a anemia
4) Soja: reduz o colesterol ruim e eleva os níveis de colesterol bom, previne o câncer de mama e melhora o funcionamento do intestino
5) Quinoa: ajuda na perda de peso, promove bem-estar, contribui para o ganho de massa muscular e reduz o colesterol
6) Pistache: possui menos calorias do que as outras oleaginosas, é antioxidante e faz bem para o coração, os olhos e a pele
7) Romã: previne os sinais precoces de envelhecimento, protege os rins e o fígado, combate doenças cardíacas e previne o câncer de mama, de próstata e de pele
8) Tâmara: rica em vitaminas, melhora a memória e é excelente para quem pratica esportes
9) Limão: é antioxidante, combate o ácido úrico e facilita a digestão (dica: troque os molhos de salada industrializados por limão!)
10) Goji berries: frutinha chinesa que você encontra no Brasil na forma desidratada. Infelizmente é cara, mas é benéfica para o sistema nervoso, tem muita vitamina C e é antioxidante
11) Kiwi: facilita a digestão, regula a pressão, reforça a imunidade e elimina toxinas
12) Nêspera: controla os níveis de gordura no sangue e previne a diabetes
13) Pitanga: boa para os ossos, ajuda a prevenir osteoporose e possui licopeno, substância importante na prevenção de alguns tipos de câncer
14) Cereja: contém substâncias que previnem o câncer, é fonte de energia, regula o sono, é anti-inflamatória e reduz o risco de doenças cardíacas

50 alimentos super saudáveis para incluir no cardápio

15) Mirtilo: frutinha que combate o envelhecimento e ajuda a controlar a pressão arterial
16) Lichia: fruta deliciosa que tem poucas calorias e contém vitaminas que ajudam a queimar gorduras
17) Abacate: reduz o apetite, é anti-inflamatório e antioxidante e reduz os níveos de cortisol, o hormônio do stress
18) Melancia: tem poucas calorias, é rica em licopeno (substância que previne o câncer) e possui vitaminas A e C
19) Abacaxi: é diurético e melhora o funcionamento dos rins (cuidado com a acidez se você tem problemas de estômago)
20) Água de coco: faz bem para o coração e os rins, rejuvenesce, previne o câncer, hidrata e fortalece o sistema imunológico e os músculos
21) Melão: tem muitos nutrientes e vitaminas que dão energia, é antioxidante e anti-inflamatório
22) Maçã verde: regula o intestino, combate a diabetes, retarda o envelhecimento e melhora o aspecto da pele
23) Tangerina/mexerica/bergamota: previne doenças cardíacas, fortalece o sistema imunológico e melhora a digestão
24) Açaí: tem muitas vitaminas e ajuda a combater doenças cardiovasculares
25) Mamão: regula o intestino, rejuvenesce a pele, dá brilho ao cabelo, fortalece o sistema imunológico e faz bem para a visão
26) Pêssego: ajuda a prevenir a diabetes e é antioxidante
27) Damasco: tem poucas calorias e é bom para o intestino
28) Gengibre: ajuda a limpar as vias respiratórias, acelera o metabolismo e previne infecções (dica: chá de laranja com gengibre é muito bom!)
29) Pimenta: diminui o risco de doenças cardiovasculares, controla os níveis de glicose do sangue, aumenta a capacidade pulmonar e estimula o metabolismo
30) Mel: fortalece o sistema imunológico, é calmante, antioxidante e auxilia a digestão
31) Verduras escuras (couve manteiga, espinafre, rucúla, agrião…): previnem doenças do coração, equilibram o sangue, reduzem o risco de desenvolvimento de câncer e têm muitas vitaminas e nutrientes
32) Beterraba: combate o cansaço, fortalece o coração, regula a pressão arterial e aumenta a resistência física
33) Abóbora: faz bem para os olhos e a pele, melhora a imunidade, reduz o risco de câncer e ajuda no tratamento de diabetes

50 alimentos super saudáveis para incluir no cardápio
34) Mandioquinha/batata baroa: fornece energia, previne osteoporose e anemia e combate a pressão alta
35) Batata doce: aliada do emagrecimento, é rica em carboidrato de boa qualidade, faz bem para os olhos, a pele, cabelos e ossos
36) Rabanete: tem pouquíssimas calorias e muitas vitaminas, é calmante e diurético
37) Brócolis: tem nutrientes que fazem bem ao cérebro e é um alimento “detox”
38) Palmito: pobre em gorduras e rico em fibras, deixa qualquer salada muito mais gostosa
39) Abobrinha: auxilia na digestão, é anti-inflamatório e faz bem para o coração
40) Cenoura: faz bem para a visão, a pele e os ossos
41) Pimentão: ajuda a limpar o estômago, contém vitaminas A e C e protege as células
42) Tofu: tem poucas calorias e muitas vitaminas, ajuda a prevenir o câncer de mama, é anti-inflamatório e antioxidante
43) Atum: bom para a saúde cardiovascular e para os olhos
44) Sardinha: fonte de um antioxidante importante para a saúde cardiovascular, atua também no sistema nervoso melhorando a atenção e o aprendizado
45) Cogumelos: estimula o sistema imunológico, especialmente as células que destroem as células cancerígenas
46) Alho: antimicrobiano e antiviral, reforça o sistema imunológico e previne resfriados
47) Alho poró: possui muitas vitaminas, ajuda no controle do colesterol e colabora com o sistema imunológico
48) Aveia: dá saciedade, por isso ajuda a controlar o peso, e atua no controle do colesterol. Dá para ser usada em frutas, no mingau, em bolos e outros alimentos
49) Canela: ajuda a prevenir úlceras, diminui a pressão arterial, combate infecções e auxilia a digestão
50) Nozes: combate o stress, previne doenças cardíacas e aumenta a capacidade cerebral.

Que tal dar uma passadinha no mercado essa semana pra encher a geladeira e a despensa de saúde?

Fontes: 123456789101112 - 13 - 14 - 15 - 16

Curta o Desassossegada no Facebook para acompanhar todos os posts e novidades do blog!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Postado por Stephanie Gomes

Comente usando seu Facebook





2 Comentaram para “50 alimentos super saudáveis para incluir no seu cardápio”


G
1. Jordana
11/12/2015 às 23:00

Adorei a postagem! Eu também preciso rever urgente minha alimentação, e acredito que a conscientização seja o primeiro passo em busca dessa reeducação alimentar. A frase “você é o que você come” é uma grande verdade que nossa sociedade foi deixando de lado. É lamentável que nossas fontes de informação não estimulem o consumo de alimentos saudáveis, pelo contrário, só incentivam os alimentos embutidos, industrializados, repletos de químicas, conservantes, corantes etc. Ouvi de uma especialista que tudo aquilo que nós não conseguirmos pronunciar em um rótulo de ingredientes, nosso corpo também não conseguirá processar. Ótimas dicas Desassossegada!


G
2. Stephanie
12/12/2015 às 13:11

É verdade Jordana… é assustador quando olhamos quanta química estamos comendo. Se formos pesquisar o que estamos realmente comendo então… mas acho que uma boa saída é ir fazendo substituições mesmo, e aos poucos melhorando cada vez mais.

Beijos!



Comentar

Nome:

Email:

Site/Blog: