DIU pode reduzir o risco de câncer de ovário em 30%

DIU-pode-reduzir-risco-cancer-ovario-30%

Este método anticoncepcional pode fornecer mais benefícios além da contracepção, mas são necessárias mais pesquisas nesta área.

Pílulas anticoncepcionais

Já se sabe que, tomar pílulas anticoncepcionais pode aumentar suas chances de ter alguns tipos de câncer, mas diminui a chance de ter outros. Mulheres que tomaram anticoncepcionais têm um risco 30% a 50% menor de câncer de ovário do que mulheres que nunca tomaram a pílula. 

Quanto mais tempo você demorar, menor será a probabilidade de ter esse tipo de câncer. O menor risco dura até 30 anos após você parar de tomar a pílula.

A síndrome do ovário policístico, uma condição comum entre meninas adolescentes e mulheres jovens, é um desequilíbrio hormonal no qual os ovários produzem quantidades extras de testosterona. 

Pode causar menstruações irregulares , crescimento indesejado de pelos e acne. Tomar pílulas anticoncepcionais pode melhorar esses sintomas ao equilibrar seus hormônios, reduzir o nível de testosterona e regular a menstruação

Pesquisa recente sobre DIU

Uma pesquisa recente diz que mulheres que já usaram um dispositivo intra-uterino (DIU) para controle de natalidade podem ter um risco 30% menor de câncer de ovário.

Entre as mulheres que buscam usar anticoncepcionais, esta vantagem recém-descrita do DIU pode influenciar a escolha do método contraceptivo de uma mulher.

O estudo, publicado no Journal of Obstetrics and Gynecology, teve como objetivo avaliar os benefícios adicionais do uso do DIU em mulheres.

O DIU se tornou o método contraceptivo mais importante usado atualmente. Parte do aconselhamento clínico envolve a descrição dos riscos e benefícios do uso do DIU, mesmo além de sua principal utilidade como anticoncepcional. Sabemos que o uso do DIU de levonorgestrel reduz o risco de câncer uterino. Procuramos determinar se um benefício semelhante ocorreu em relação ao câncer de ovário. 

Portanto, para avaliar isso, os pesquisadores analisaram dados de quatro estudos realizados anteriormente com pacientes que já usaram um DIU e cinco estudos anteriores com pacientes que nunca usaram o dispositivo.

Sendo assim, em comparação com mulheres que nunca usaram um DIU, aquelas que tiveram um risco menor de câncer de ovário em aproximadamente 30%.

DIU: reduzir o risco de câncer de ovário

O DIU, portanto, representa uma das poucas maneiras de reduzir o risco de câncer de ovário.

A relação entre o uso de DIU e um menor risco de câncer de ovário persistiu após limitar a análise a estudos de pacientes que receberam um sistema intrauterino de levonorgestrel.

Não está claro qual é o mecanismo neste momento, mas as possibilidades teóricas incluem o seguinte: barreira mecânica contra potenciais agentes carcinogênicos, diminuição da menstruação retrógrada e deslocamento das células endometriais, (e) benefício induzido pela progesterona entre os DIUs hormonais.

Embora um risco reduzido de câncer de ovário com o uso de DIU seja promissor, mais pesquisas são necessárias nessa área.

Por isso, os estudos incluídos na meta-análise (eram) de natureza observacional e principalmente retrospectiva. Idealmente, uma coorte prospectiva ou ensaio controlado randomizado pode responder melhor à pergunta.

Fale com o seu médico

As pílulas anticoncepcionais podem oferecer alguns benefícios além da prevenção da gravidez, mas podem não ser a melhor opção anticoncepcional para você.

Por isso avalie melhor a opção do anticoncepcional intrauterino e procure colocar dispositivo intra uterino em São Paulo, aqui no Brasil, a região conta com profissionais de confiança e especializados no tema. 

E eles não protegem você de DSTs. Converse com seu médico. Juntos, vocês podem decidir o que fazer.

Leia também: Mulheres de meia-idade: dicas para melhorar a saúde

Gostou? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
© 2021 - Desassossegada. All Rights Reserved.